EducaPX SitePX AWS Contraste Aumentar/Diminuir a fonte

Centros de Educação em Direitos Humanos

Centro de Educação em Direitos Humanos (C.E.D.H)

O QUE SÃO OS CENTROS DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS?

Os Centros de Educação em Direitos Humanos são polos permanentes de trabalho e difusão de EDH. Foram pensados dentro de uma proposta de aproximação entre escola e comunidade, através de ações voltadas para preparar gestores, educadores e disseminadores, além de desenvolver materiais didáticos e projetos que buscam dialogar com os espaços culturais do entorno, promovendo a cidadania e fomentando a proposta de uma Cidade Educadora, onde os espaços da comunidade também cumprem funções educativas.

Os Centros terão suas atividades integradas às das unidades escolares participantes e da comunidade, trabalhando o tema de direitos humanos nas diversas áreas de um CEU – cultura, esportes, educação, gestão e integração com os moradores do bairro.

Abertos a toda a população, estão presentes em quatro CEUs, abrangendo todas as macrorregiões de São Paulo: CEU São Rafael (zona leste), CEU Jardim Paulistano (zona norte), CEU Pêra-marmelo (zona oeste) e CEU Casablanca (zona sul). 

Educadores, alunos e comunidade montarão juntos um calendário de atividades, reuniões e oficinas e desenvolverão o material pedagógico. As bibliotecas dos quatro CEUs ainda receberão um complemento bibliográfico sobre direitos humanos.

O projeto foi realizado pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), a Secretaria Municipal de Educação (SME), a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU) e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH-PR).

QUAIS ATIVIDADES SÃO DESENVOLVIDAS NOS CENTROS EDH?

  •  Formação em DH através de cursos, seminários, palestras e oficinas, oferecidos para a comunidade escolar, lideranças locais e agentes públicos. O objetivo é fomentar sua ação como “agentes de cidadania”, para atuar nos espaços oficiais de representação no território e como articuladores comunitários, visando à constituição de redes para a garantia do exercício pleno da cidadania de crianças e adolescentes, e o desenvolvimento local.

  •  Articulação territorial para envolver os órgãos públicos da rede de proteção integral, as lideranças comunitárias e as organizações que atuam no território, além das demais escolas da região. O objetivo da rede é formular e desenvolver projetos locais para a comunidade e para as escolas do território. A articulação também deve incorporar os espaços culturais do entorno, promovendo a cidadania cultural e a lógica da Cidade Educadora.

  •  Atuação na escola do CEU, promovendo a cultura de participação nos espaços democráticos da instituição (APM e Conselho) e o protagonismo juvenil (formação de grêmios escolares). Além disso, o Centro pode apoiar processos de reformulação do Projeto Político-Pedagógico (PPP) para nele incorporar a temática dos DH e aproximar escola e comunidade. A partir dessa experiência piloto na escola do CEU, os “agentes” e demais envolvidos podem disseminar essa experiência de reformulação do PPP para o interior da rede pública municipal, a começar pelas escolas do entorno.

  •  A produção e disseminação de conhecimentos sobre Educação e Direitos Humanos orientam todas as atividades do Centro, inclusive as de articulação territorial. O CR dispõe de uma biblioteca de referência. Além disso, pode produzir cartilhas e materiais que apoiem a disseminação das atividades pelo território, a sistematização das formações e o registro e intercâmbio de experiências bem sucedidas.                  

 

Abaixo estão disponíveis a localização, o diagnóstico socioterritorial e a lista do acervo das bibliotecas dos centros.

 

 

 

 

 

Enviar comentário

left show fsN center tsN c05 fwB|left fwR tsN center fsN normalcase|show c15 center normalcase tsN fwB|c05||image-wrap|news c05|fsN fwR normalcase tsN bsd b02 c05 sbww|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase tsN b01 bsd c05|bsd b02eu sbww fwR c05 tsN fsN normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||