EducaPX SitePX AWS Contraste Aumentar/Diminuir a fonte

Conheça os jurados do 4º Prêmio Municipal de EDH

Publicado em 12/04/2016 às 15h49

Formado por grandes nomes da educação e ligados à temática de Direitos Humanos, Comissão Julgadora premiará 4 categorias de inscrições.

 

Já estão definidos os nomes da comissão julgadora do 4º Prêmio Municipal de Educação em Direitos Humanos - 2016.

As inscrições podem ser feitas até o dia 29 de abril. Os projetos que tiverem as inscrições validadas serão enviados para a Comissão Julgadora formada por especialistas em Educação e Direitos Humanos. Seus integrantes são: Flavia Inês Schilling, José Sérgio Fonseca Carvalho, Marco Antonio Barbosa, Margarida Genevois, Maria Victoria Benevides, Maurício Piragino, Moacir Gadotti, Sonia Barbosa e Vera Masagão. A Comissão Julgadora avaliará os projetos a partir de critérios como: impacto e relevância social; criatividade e originalidade; coerência entre os objetivos e os resultados; pertinência da ação desenvolvida em relação ao público-alvo; perspectiva de continuação; inovação metodológica; entre outros.

O Prêmio Municipal de Educação em Direitos Humanos é um projeto da Coordenação de Educação em Direitos Humanos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania - SMDHC, em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação -SME, com objetivo de incentivar, promover e colaborar para o fortalecimento da educação em direitos humanos na rede municipal de ensino, valorizando e divulgando projetos que tratem dos Direitos Humanos e da Cidadania na escola.

Os projetos vencedores, além do reconhecimento pelo seu esforço e trabalho de sucesso, recebem como premiação livros e materiais diversos do acervo da Coordenação EDH e uma quantia em dinheiro, de acordo com cada categoria. Confira mais detalhes no edital.

A cerimônia de premiação ocorre tradicionalmente em 10 de dezembro, “Dia Internacional dos Direitos Humanos”, no auditório do Ibirapuera. Na mesma data é entregue a homenagem do Prêmio Dom Paulo Evaristo Arns.

Flavia SchilingFlavia Schilling

Professora associada da Faculdade de Educaçação da USP e pesquisadora do CNPQ, trabalha com as temáticas: violência, identidades contemporâneas, direitos humanos e escola justa.

 

José Sérgio Fonseca CarvalhoJosé Sérgio

Livre-Docente em Filosofia da Educação na Universidade de São Paulo, atua na área de formação de professores em direitos humanos, com projetos vinculados à Secretaria Especial de Direitos Humanos e às redes públicas de ensino básico. Foi membro da Cátedra USP/UNESCO de Educação para os Direitos Humanos e do Grupo de Estudos em Temas Atuais da Educação, ambos sediados no Instituto de Estudos Avançados da USP. É membro do Conselho Municipal de Educação em Direitos Humanos da Cidade de São Paulo.

Marco Antonio Rodrigues Barbosa Marco Antonio Barbosa

Advogado paulista, foi presidente do CONDEPE - Conselho Estadual de Defesa da Pessoa Humana e presidente da Comissão Justiça e Paz de São Paulo, da qual é membro.

 

Margarida GenevoisMargarida Genevois

Formada em Ciências Sociais pela Escola de Sociologia e Politica de São Paulo, foi presidente da Comunicação de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo. Atualmente integra o Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos.

 

Maria VictoriaMaria Victoria de Mesquita Benevides Soares

Socióloga, com especialização no campo da Ciência Política e do Direito e em temas da História Política brasileira e da Educação. Desde 1996 é professora titular, por concurso, da Faculdade de Educação da USP, membro da diretoria da ANDHEP, Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Direitos Humanos.

Mauricio PiranginoMauricio Pirangino

É psicólogo, coordenador do Grupo de Trabalho da Democracia Participativa, membro do colegiado da Rede Nossa São Paulo, diretor da Escola de Governo.

Moacir GaddottiMoacir Gadotti

É doutor honoris causa pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2000). É professor titular aposentado da Universidade de São Paulo e Presidente de Honra do Instituto Paulo Freire.

Sonia BarbosaSônia Barbosa

Liderança Guarani Mbya, da Aldeia Itakupe, localizada no Jaraguá, em São Paulo. 

 

 

 

Vera MassagãoVera Masagão

Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo . Atualmente é pesquisadora e coordenadora geral da Ação Educativa - Assessoria Pesquisa e Informação.

 

  • Saiba mais sobre as inscirções para o 4º Prêmio EDH, encontre o edital e modelos de relato aqui

  • O que é o Prêmio EDH? Clique aqui e saiba mais.

 

 

 

Tags: cedh, comissão julgadora, direitos humanos , educação, educação em direitos Humanos, prêmio, prêmio educação em direitos humanos

voltar para Notícias

left show fsN center tsN c05 fwB|left fwR tsN center fsN normalcase|show c15 center normalcase tsN fwB|c05||image-wrap|news c05|fsN fwR normalcase tsN bsd b02 c05 sbww|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase tsN b01 bsd c05|bsd b02eu sbww fwR c05 tsN fsN normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||